sábado, 12 de dezembro de 2009

Alice vai ao médico.

as minhas escolhas não andam muito corretas meu senhor...
acho que ando meio doida da cabeça.
perdi meus dons, e até a minha vontade de sonhar.
você acha que é sério doutor?
tive vários dias de insônia, mas os dias que dormi, confundo até hoje se o que sonhei era mesmo sonho... Confundir sonho com realidade... isso não é normal, né?
Só não me fale pra diminuir meu café, meu cigarro, meu chocolate, minha cerveja e minhas leituras.
Não vou me separar das minhas únicas companhias, não senhor.
Me peça pra diminuir a televisão, a batata frita, as mágoas no coração, o medo de morrer, as vontades loucas de gritar, a incapacidade de mudar algo que está muito errado.
Ei doutor...
Você tem aí algum frasco de remédio que contenha força e coragem?
Se tiver, me passa... me receita!
Juro que nunca mais volto aqui.

Alice em: embriague-se.

senhoras e senhores!
vamos nos embriagar!
ficar são num mundo de loucos como esse...
vamos nos embebedar!
rir a noite toda e nos manter assim até o sol raiar.
e não vamos dormir pra aproveitar bem a nossa falta de equílibrio
a nossa vontade de voar.
senhoras e senhores!
não vamos chorar por tão pouco, apenas por aquilo que vale mesmo a pena.
não vamos sair do controle por gente que nos provoca.
vamos nos embriagar...
vamos cantar a madrugada toda
sair deste mundo ridículo e não mais voltar
embriagar...
embriagar...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Cigarro - Zeca Baleiro

A solidão é meu cigarro
Não sei de nada nem sou de ninguém
Eu entro no meu carro e corro
Corro demais só pra te ver meu bem!
[zeca baleiro]


sábado, 24 de outubro de 2009

allstar+violão


" Mas não te invejo, amor,
essa indiferença
Que viver nesse mundo sem amar
É pior que ser cego de nascença. "
(Florbela Espanca)

A bela e a fera

Os sensíveis são simultaneamente mais infelizes e mais felizes que outros.
Gertrudes pede um conselho - A Bela e a Fera

Ele era moreno e triste. E sempre andava de escuro. Oh, sem dúvida eu gostava dele. Eu, muito branca e alegre, ao seu lado.
História Interrompida - A Bela e a Fera

Falta de lógica
E repentinamente a história se partiu. Nem teve ao menos um fim suave. Terminou com a brusquidão e a falta de lógica de uma bofetada em pleno rosto.
Uma História Interrompida - A Bela e a Fera

Alguns poemas




Quanto mais fecho os olhos melhor vejo;
o dia todo vi coisas vulgares
mas quando durmo em sonho te revejopondo no escuro luzes estelares,
tu, cuja sombra faz brilhar as sombras,
como podes formar das sombras luzes
no claro dia que de luz assombras
pois tanto brilho no negror produzes?
Como podem meus olhos abençoados
assim te ver brilhar em pleno dia
quando na noite escura deslumbrados
dentro de fundo sono eu já te via?
Meu dia é noite quando estás ausente
e à noite eu vejo o sol se estás presente.

Shakespeare





sem coragem sentou-se na poltrona de sua sala tão conhecida e seu coração pedia para ela não ir. parecia que previa que ia se machucar muito e ela não era masoquista. enfim apagou o cigarro-da-coragem, levantou-se e foi. (clarice lispector)



Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo,tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre. Carlos Drummond de Andrade



- Porque é tomando um café, que me vem as lembranças imensuráveis.Distorção, não é nada do que parece. Você só quer lembrar.


Às vezes me pego pensando em mim, porque em você eu penso o tempo inteiro.


... e depois dos naufrágios ... o que fica de mim em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro"


Caio Fernando Abreu


mario quintana


A vida são deveres que nós trouxemos pra fazer em casa. Quando se vê já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira. Quando se vê, já terminou o ano.Quando se vê, passaram-se 50 anos! Agora, é tarde demais para ser reprovado. Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada inútil das horas... Dessa forma eu digo: não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo. A única falta que terá, será desse tempo que infelizmente... não voltará mais.
Mario Quintana

Quando a luz estender a roupa nos telhados
E for todo o horizonte um frêmito de palmas
E junto ao leito fundo nossas duas almas
Chamarem nossos corpos nus, entrelaçados
Seremos, na manhã duas máscaras calmas
E felizes, de grandes olhos claros e rasgados...
Depois, volvendo ao sol as nossas quatro palmas,
Encheremos o céu de vôos encantados!
E as rosas da Cidade inda serão minhas rosas,
Serão todas felizes, sem saber por quê...
Até os cegos, os entrevadinhos...
E Vestidos, contra o azul, de tons vibrantes e violentos
Nós improvisaremos danças espantosas.
Sobre os telhados altos, entre o fumo e os cata-ventos!
Mario Quintana.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Alice em: sentimentos.

E estou lá, mais uma vez andando sem rumo.
Parecendo Hippie sem parada, sem estada, sem morada.
Parecendo coração sem paixão, tempestade sem trovão,
vários minutos de inconsciência deitada neste chão.
E o único caminho que tenho me perdido sempre, é o caminho dos teus olhos,
com brilho, com amor, me fazendo perder as chances de ser encontrada.
E a única coisa que tenho desejado, andando nesta rua sem luz, alagada pela chuva, sem nenhum carro a passar, é, quem sabe ali na esquina, te encontrar, eu só queria ter a chance de te falar, que o meu sentimento hoje é maior até que o mar e quando eu acho que nele eu vou me afundar vem a realidade e me tira dos inevitáveis transes temporários que sempre me encontro.
Como este, que me deu a sensação de outro lugar, buscando te encontrar quem sabe não tão longe do meu mundo.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Alice em: buscas.

Estou tentando achar alguma coisa pra preencher um certo vazio que se fez presente aqui dentro de mim. E já faz tempo que está alojado aqui, não paga aluguel, não dá satisfação, muito menos obedece. Quem disse que somos senhores de nós mesmos está completamente enganado... Tem alguma coisa, que jamais saberei o que é, mas tem... Lá dentro que não me deixa em paz.
Quando eu encontrar esse algo que me preencha, sei que mesmo assim não estarei satisfeita, pois nunca estou. É fato. É natural do ser humano estar na eterna busca, mas comigo parece que é o triplo de buscas, buscas insanas ás vezes, buscas incansáveis. Coisas que eu sei que nunca vou encontrar, pois realmente elas não existem.
E depois que todos os meus vazios estiverem saciados por algo que os preencham, o que farei então? Vou buscar o que?
Mas enfim??? Será, que nunca estarei satisfeita então? Nem mesmo por estar satisfeita não vou me satisfazer disso??

esquisita eu já fui. ou sou?


domingo, 13 de setembro de 2009

vento no Litoral - Legião Urbana

Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você está comigo o tempo

quando eu vejo o mar,
Existe algo que diz,
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem

Já que você não está aqui,
O que posso fazer é cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos
Lembra que o plano era ficarmos bem?

- Ei, olha só o que eu achei: cavalos-marinhos
Sei que faço isso pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando tudo embora


[nem tudo é do jeito que a gente gostaria que fosse]

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

A paixão de Alice - por William.

Alice e Lili

Veja, não é bem assim que funciona o amor Lili.
Você não tem o direito de cobrar nada da pessoa que se ama.
Você não pode chamar de sua a pessoa que se ama.
Quando você for cobrada, quando você se sentir possuída, vai se sentir mal... E o amor de maneira nenhuma deve te fazer mal.
Ah Lili! Eu te aconselho a jamais tentar querer entender...
É aquela coisa que vem, se apossa de você quando menos se espera e pronto.
Sim... é verdade... isso não se pode planejar! É aquele que vou amar!! Isso não existe cara amiga.
Ora vamos, pare de chorar por algo tão inevitavel.
Então não sabes que essa é uma grande necessidade humana?
Amar, achar que está amando, não mais amar e amar de novo?

Alice - seu amor próprio?

Ah e foi assim...
Quando Alice olhou pra ele já sabia o que estava por vir...
Muito sofrimento para o sabor do amor ser bem mais gostoso...
Muita dúvida e apertos no peito para o calor do abraço e o gosto do beijo serem bem mais significantes...
E ela mergulhou em uma água gelada, em um mar imenso sem ninguém para salvá-la...
Jogou seu coração em um abismo e pulou atrás dele sem nenhum medo de arrependimento.
Ela foi sem medo ao fundo de seu próprio ser, delicado e ao mesmo tempo selvagem, observadora e ao mesmo tempo tão distante...
E quando ela achava que estava entregue absolutamente aquele sentimento que tanto a fez sofrer, deu sua volta por cima e lembrou-se que o mais importante era viver pela gente mesmo... Tudo o que passou agora fazia parte de sua história...
Tudo o que amou, tudo que pensava não conseguir mais viver sem, hoje ela vê que valeu mais ficar em paz consigo mesma...
A mas como nossa menina é petulante... ela sempre arruma um outro penhasco pra pular e um novo mar pra querer se afogar!

Alice, minha fortaleza...

Ah, não me deixe agora...
O mundo deu a sua volta hoje mas foi como se eu permacesse sempre parado...
Pra quem irei fugir agora?
Oh não, não me deixe não...
Olhe só onde eu vim parar!
Minha Alice, pra onde eu fujo?

sábado, 4 de julho de 2009



Assim me falou um dia o diabo: também Deus tem seu inferno: é o seu amor pelo homem.

E mais recentemente eu o ouvi dizer esta palavra: "Deus está morto; de sua compaixão pelo homem Deus morreu."

Assim falava Zaratustra, segunda parte, Dos Compassivos. Nietzsche.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Antes todos os caminhos iam.
Agora todos os caminhos vêm.
A casa é acolhedora, os livros poucos.
E eu mesmo preparo o chá para os fantasmas.

[mario quintana] "meu mestre"!



terça-feira, 30 de junho de 2009

Deus

(...) Um só Deus, sumo entre os deuses e os homens, nem por figura nem por pensamento semelhante aos homens.
SE os bois, cavalos e leões tivessem mãos ou se pudessem pintar e realizar as obras que os homens fazem com as mãos, os cavalos pintariam imagens dos deuses semelhantes aos cavalos e os bois semelhantes aos bois, e plasmariam os corpos dos deuses semelhantes ao aspecto que cada um deles tem.

[Xenófanes]

O semelhante conhece o semelhante.

... Empédocles procurou também explicar o conhecimento, sustentado que das coisas se despredem eflúvios que atingem os sentidos. Como nossos sentidos são feitos dos mesmos elementos de que é composto o mundo, o fogo que está em nós reconhece o fogo que está nas coisas, a terra reconhece a terra, e assim por diante. Consequentemente, é válido o princípio geral que o semelhante conhece o semelhante ...


(...)


... Empédocles sofreu também a influência órfica e acreditava que a alma humana fosse um demônio caído no corpo por uma culpa originária, destinado a reencarnar-se mais vezes, até sua purificação definitiva ...

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Religião e medo são sinônimos.

ok. não estou aqui para criticar sua fé ou defender as pessoas que passam a vida profanando a suposta palavra de Deus. apenas queria deixar claro que religião é e sempre será o sinônimo de medo. somos seres humanos, temos fraquezas e pensamos constantemente, pensamos inclusive de onde tudo isso poderia ter surgido.
para os pré-socráticos, natureza é eterna, mas um filósofo jamais iria aceitar esta resposta e não procurar algum argumento que prove que não, nada neste mundo pode ser eterno.
apesar de tudo estou aqui para defender uma causa mais agnóstica. prender-se numa religião e seguir fervorosamente as leis supostamente escritas por deus. ora, a existência de Deus jamais poderá ser provada, não concordo com os ateus, mas também não concordo em transformar Deus numa imagem que passa medo, autoritarismo. Aquele que não respeita as leis do senhor, que não segue primeiramente Jesus para chegar ao Pai, cairá diretamente ao fogo do inferno. Pois bem, Deus jogará pelo menos a metade da humanidade no caldeirão do Demônio, tendo em vista que, não só de cristãos é feito o mundo, mas por milhares de outras religiões, sem contar os ateus, os agnósticos, etc. E onde estará então o Deus que perdoa, que é misericordioso.
Poupe-me queridos fanáticos religiosos.
O que vocês possuem é o medo, o que é normal, mas não transforme este medo em universal, não passe para seus filhos para que eles um dia passem para seus netos.
Ir em igrejas? Simples prédios. Adorar imagens? Ora, imagine se um cão tivesse consciencia da vida e adorasse um DEus, como acham que a imagem desse Deus seria? Obviamente com aparencia de cão. Assim como o cara que fez a imagem de Jesus Cristo, que de certo era um homem loiro cabeludo dos olhos claros.
Apenas sinta a vida. Respire o ar. Você sente espiritualidade em tudo. Sabe que existem forças maiores por trás de tudo isso, sabe que a Natureza flui, o mundo gira e é simplesmente fantástico acompanhar esta rota, agora só não sensacionalize. não seja um fanático, falso moralista otário. Apenas acredite e só. não siga regras e fantasie sua cabeça apenas para afastar o medo.

by: nyle.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

morrer um pouco.

Um dia depois, confessaria, em outra carta:
"Esta é parte terrível de estar perto da morte.
-se sabendo que morrer é fácil".


segunda-feira, 11 de maio de 2009

Alice em: rótulos.

. todos tentam fazer uma idéia de mim,
todos tentam em vão me conhecer...
as minhas atitudes não coincidem com o brilho dos meus olhos;
é necessário muito mais que tentar descobrir e ver,
que já não passo de uma menina precocemente velha .

domingo, 10 de maio de 2009

Now We Are Free - Lisa Gerrard [TEMA FILME O GLADIADOR]

Anol shalom
Anol sheh lay konnud de ne um {shaddai}
Flavum Nom de leesh Ham de nam um das
La um deFlavne... We de ze zu bu We de sooo a ru
Un va-a pesh a lay Un vi-I bee Un da la pech ni sa(Aaahh)
Un di-I lay na day Un ma la pech a nay Mee di nu ku
La la da pa da le na da na
Ve va da pa da le na la dumda Anol shalom Anol sheh ley kon-nud de ne um.
Flavum. Flavum. M-ai shondol-leeFlavu... {Live on...}
Lof flesh lay Nof ne Nom de lis Ham de num um dass La um de Flavne...
FlayShom de nomm Ma-lun des Dwondi. Dwwoondi Alas sharum du koos
Shaley koot-tum.
(A letra está em Hebraico)



Poderosa Liberdade Poderosa liberdade da alma
Seja livre, caminhe comigo através dos Campos Dourados (Elísio)
Tão fascinante Graciosamente. Nós lamentamos nossos pecados, mas
nós selamos nosso próprio destino e sob minha face eu permaneço, fraco.
Sob minha face, eu sorrio, sempre sozinho e amedrontado. Sob minha face eu esperarei.
Fuja comigo agora soldado de Roma
Fuja e brinque nos campos com os pôneis Fuja comigo agora soldado de Roma
Descanse agora. Descanse agora. E imagine, descansando com a paz duradoura.
Isso é fascinante, essa terra. É fascinante. Ninguém pode acreditar ou entende
Como eu vim apenas por família. Minha família. Eu devia ter estado aqui com eles quando o mundo veio abaixo. Mas agora estão aqui descansando comigo.
Eu nunca esquecerei
Como eu senti esse momento: Me tornando livre.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Ideia.

O universo não é uma idéia minha.
A minha idéia de universo é que é uma idéia minha.
A noite nao anoitece pelos meus olhos.
A minha idéia de noite é que anoitece por meus olhos.


quarta-feira, 22 de abril de 2009

. cada homem traz dentro de si toda uma época, do mesmo modo que cada onda traz dentro de si todo o mar .


Alice em: suicídio.

- e o que eu sinto é cego o bastante
para me levar a um precipício
ou a um penhasco
e acabar com a minha vida
sem ao menos eu me importar com isso -

Só falta uma melodia...

Somos um oposto...
Oposto de tudo aquilo que consideram normal.
Somos uma política e criticamos a politicagem mundial.
Somos ácidos, destruindo nossos obstáculos.
Somos e muitas vezes não somos, por que nos falta espaço.
Eu perturbo a paz daqueles que vivem como ratos, gastando o dinheiro que eu pago,
pra não ser presa, acusada de não cumprir minhas obrigações de cidadã.
Pagar impostos, andar na rua com medo e dormir sob um céu que já não é mais estrelado.
Mas nós somos... a desordem... os desumanizados, clamando por um mundo melhor a cada dia...
Somos enfim o oposto do mundo, um mundo que já não é mais mundo
Sem aquela já desconhecida harmonia.



sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

15 anos sem Kurt Cobain


A mais famosa biografia sobre um astro, sem sombra de dúvidas é Heavier Than Heaven de Charles Cross, onde ele comenta sobre a vida e a obra de Kurt Donald Cobain que nasceu no dia 20 de fevereiro de 1967 e teve sua trágica morte em 04 de Abril de 1994, cometendo suicídio e encontrado pelo eletricista quatro dias depois. Kurt Cobain, como ele mesmo dizia, até os 7 anos sua vida era normal, ele vivia como um menino alegre, extrovertido com mútiplos talentos. Com a separação dos pais, Kurt se viu num abismo ao ver sua família totalmente desfalcada, cada um para um lado e o lindo menino loiro de olhos azuis se viu em meio ás guerras que seus pais declararam entre si. Desde muito cedo Kurt era um artista, produzia obras de arte e já declarava que quando crescesse iria ser um grande astro do rock, se matar e se apagar numa chama de glória. Coincidência ou não, foi exatamente o que aconteceu.
Depois de seus sete anos, sua vida se viu completamente mudada, tornou-se um nômade, sem parada definitiva. Morou com a mãe, mas devido aos problemas com bebida e com seus supostos namorados, Kurt saiu de casa e foi morar com o pai. Tudo ia bem até que Don, pai de Kurt, se casou com outra mulher e trouxe com ela mais dois filhos. Já não era como antes. Kurt se viu sobrando na casa, mesmo seu pai fazendo com que ele se sentisse como o favorito, ele sabia que ali não era mais o seu lugar. Tentou morar com o tio Chuck, com os avós, com um amigo, mas nunca se ajeitava em um canto único. Na escola Kurt era muito popular, apesar de ter se tornado um menino mais quieto e anti social, agora Kurt desenhava pessoas mortas, figuras satânicas e dizia a todo momento que odiava os pais. Desde muito cedo Kurt já havia esperimentado drogas, começando pela maconha que era uma de suas diversões.

Depois de uma vida agitada, uma adolescência rasgada, sem parada fixa, sem emprego e sempre sem grana, ele conhece Tracy, no qual torna-se a namorada dele por muito tempo, no qual também foi a musa inspiradora para a música About A Girl de tanto sucesso do Nirvana. Com o passar dos anos depois de muitas tentativas com bandas, Kurt e Krist, estavam lutando para que seu sonho de ter uma grande banda famosa se tornasse realidade. O grande problema foi o baterista que até a chegada de Dave Ghrol foram muitos. O nome Nirvana foi de escolha de Kurt que quer dizer a elevação máxima de espírito no Budismo. Antes disso vários nomes passaram pela banda, entre elas as mais famosas: Feccal Matter e Skid Row.
Os jovens de Abeerden estavam caminhando para o sucesso quando assinaram o primeiro contrato com a Sub Pop e gravaram Bleach. Como a Sub Pop andava um pouco falida para a Gravação de mais um album, mudaram de gravadora, para a Geffen Records, que já trabalhava com grandes nomes como Mudhoney e Soundgarden. Nesta mudança, produziram seu álbum de mais sucesso, Nevermind.
A partir daí muita coisa muda na vida de Kurt. Seu romance com Tracy termina, Dave Ghrol entra para a banda, ele começa a tomar heroína com mais frequência e conhece Courtney Love.

Com a gravação de Nevermind, o hit Smells Like Teen Spirit veio como um hino para os jovens que há muito esperavam por algo diferente e inovador. Todas as letras de Cobain eram inspiradas em algo, esta música de grande sucesso foi feita por causa de uma amiga de Kurt que escreveu em sua parede Kurt Smells Like teen Spirit: Kurt cheira a espírito adolescente. E realmente depois desse album a ascensão do Nirvana apenas evoluiu cada vez mais. Kurt como um homem muito sensível, não suportou o tamanho de sua fama e sua dependência química por causa da heroína estava cada vez mais agravada sem contar as fortes dores de estômago de um problema que já o acompanhava por anos. Parecia que o Nirvana estava no seu fim... Depois do Casamento com Courtney Love e o nascimento da filha deles, Frances Been Cobain, problemas cada vez maiores surgiram na banda, devido a muitas pessoas não suportarem Love.


Kurt agora era o rei de muitos adolescentes que como ele só queriam encontrar respostas. Muitas de suas letras não eram compreendidas, o que deixava-o muito frustrado, apesar disso quando ele entrava no palco a multidão o amava e ele amava e odiava a multidão ao mesmo tempo. Todas as pessoas que com ele conviveram sabe da grandeza de seu espirito e que apesar de ter se matado, jamais será esquecido pelo mundo todo. Suas músicas ainda são de muito valor, suas letras pegajosas e seus acordes ora punk, ora pop, pra sempre serão lembrados. Talvez ele não soubesse o destino que teria mas, o que é certo em sua profecia de quando era ainda um menino é de que se apagou numa chama de glória e será sempre idolatrado por milhares de fãs, atuais ou não. O homem que revolucionou a cara do Punk e criou o Grunge e depois de 15 anos ainda é lembrado. Kurt Cobain.








Escrito por Alyne Rubio.












terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

As coisas simples fazem a diferença quando passamos a notá-las... Senti-las...
Pode-se sentir tão intensamente um momento simples e jamais esquecê-lo.
Pode-se voar lembrando de coisas que realmente marcaram nosso dia... Uma flor, um céu estrelado, um bom livro, uma chícara de chá com bolinhos, um passeio de bicicleta, um dia só pra você.





:)

sábado, 24 de janeiro de 2009

O Impossível de Alice

Por mais simples que sejam nossos atos, como olhar para o céu e amar as nuvens, como olhar as nuvens e desejar voar, nada terá sentido se a magia de mim mesmo não florir, desabrochar como a mais bela rosa de algum jardim ou quem sabe se a água pura de um rio que corre em direção ás montanhas...
Mesmo estando tão longe delas avistar seu horizonte onde os picos se misturam aos raios de sol... Ah, por mais belo que seja a lua em noites tão escuras e por mais que queiramos alcançar as estrelas, de nada valerá se aos sonhos não se tornarem indiscutivel realidade, por mais dificil que pareça ser, se tocar o céu em noites estreladas é possível não conheço então o impossível.

Princesa Alice

Alice tinha um poder invisivel aos olhos humanos, podia amar sem ser descoberta... mas um da encontrou uma pessoa... e esta pessoa lhe fez sonhar... que pena, mal sabia da bruxa que habitava a floresta, um dia iria chegar e enfeitiçar o belo principe... mas como qualquer conto de fadas o príncipe descobriu as breves armações da nossa malígna bruxa... e Alice, meu encanto de menina teve sua vez no amor... A bruxa sofreu tanto que implorou ao principe para que lhe propusesse amor eterno... Mas estava tão cego por Alice que não quis saber de amores perigosos... Amou Alice todos os dias de sua vida... e a bruxa sofreu... sofreu por um dia amar um amor impossível.

Alice está Melancólica

Onde estará aquele gosto que ela sentia?
Aquela vida que ela vivia
Sem pressa do dia terminar?
Onde se escondeu a princesinha que soluçava a noite de tanto chorar?
Que parou de acreditar em coisas divinas e decidiu não mais amar...
O que será desta menina
Quando resolver não mais sonhar?
O que será de nós
Sem seus sonhos pra buscar?
Levante-se menina!
Nem tudo se perdeu...
Se você parar de acreditar quem vai morrer serei eu!

Carta para Alice

Alice não se perca de mim, pode sair e se encontrar com o céu mas não solte a minha mão!
Alice, olhe as flores que lhe trouxe, plante-as em seu jardim!
Eu não posso prendê-la a mim, pq não me pertences, mas tenho medo de você querer partir... Você pode tomar banho de mar e pode também querer chorar, você pode olhar fundo dentro dos meus olhos e dos olhos de qualquer pessoa e se quiser pode se apaixonar, pode escolher qualquer caminho que não seja longe dos meus olhos... Alice, sem você eu não posso mais viver...
Sem vc não tem mais graça em querer
Sem vc perde a graça em respirar...
Esta noite não deixarei vc partir,
Por favor Alice, não queira mais me ferir.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

O Jardineiro

O jardineiro só colhia as rosas ao anoitecer
porque durante o sono elas não sentiam o aço frio da tesoura.
Uma noite ele sonhou que cortava as hastes de manhã,
em pleno sol, as rosas despertas e gritando
e sangrando na altura do corte das cabeças decepadas.
Quando ele acordou, viu que estava com as mãos sujas de sangue.

Lygia Fagundes Telles

Só pra lembrar alguns momentos bons.


segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Alice Ruiz

Que o breve seja de
um longo pensar.
Que o longo seja de
um curto sentir.
Que tudo seja leve de
tal forma que o tempo nunca leve.

Alice Ruiz

Vento.

Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,
que amargamente inventei.

(Cecília Meireles)

Pablo Neruda

Saberás que não te amo e que te amo
posto que de dois modos é a vida,
a palavra é uma asa do silêncio,
o fogo tem uma metade de frio.

Eu te amo para começar a amar-te,
para recomeçar o infinito
e para não deixar de amar-te nunca:
por isso não te amo ainda.

Te amo e não te amo como se tivesse
em minhas mãos as chaves da fortuna
e um incerto destino desafortunado.

Meu amor tem duas vidas para amar-te.
Por isso te amo quando não te amo
e por isso te amo quando te amo.




Te amo sem saber como, nem quandonem onde;

te amo diretamente sem problemas nem orgulho;

assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és,

tão perto que tua mão sobre meu peito é minha mão,

tão perto que se fecham seus olhos com meu sonho.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Quando descobrimos o erro
Sentimos que perdemos todo tempo,
Buscando longe o que estava perto.
Existem certas coisas nas nossas vidas que tem um selo dizendo:
"Você só irá entender meu valor
Quando me perder- e me recuperar".


Linguagem Universal.

Talvez jamais tivesse conhecido a linguagem universal, porque quando se mergulha nela, é fácil entender que sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra, seja no meio do deserto ou nas grandes cidades. E quando essas pessoas se cruzam e seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perde qualquer importancia, e só existe aquele momento, e aquela certeza incrível de que todas as coisas debaixo do sol foram escritas pela mesma MÃO.
A mão que desperta o amor, e que fez uma alma gêmea para cada pessoa que trabalha, descansa e busca tesouros debaixo do sol. Por que sem isto não haveria qualquer sentido para os sonhos da raça humana.