domingo, 25 de julho de 2010

É bobagem querer que o dia se estenda pela eternidade por mais bonito e perfeito que ele seja...
Na verdade você estaria transformando um momento raro em uma rotina...
E a rotina quando quer ela consegue acabar com a gente, confundir o que sentimos, nos acomodar com aquilo e nada mais.
Paramos de acreditar no otimismo e o que queremos é apenas que a noite chegue para podermos dormir... posso dizer que é terrível... você se esquece de quando corria na chuva, de quando subia em árvores, de quando jogava bola ou andava de bicicleta na praça.
Você até se esquece de muita gente que já passou na sua vida e te fez o que é hoje... seja um amigo ou uma paixão. Se esquece que seus parentes estão lá ainda e tenta resolver tudo sozinho...
Então eu me pergunto sempre o porque de ir atrás de um futuro pródigo se no final das contas vamos acabar caindo na maldita rotina e enjoar daquilo que batalhamos tanto pra conquistar.
E no fim, o que acaba ficando é um vazio, um vazio incapaz de ser preenchido, até que a gente se lembra que somos seres humanos feitos de sonhos e começamos novamente um caminho... talvez pra cair na rotina de novo, mas certos que lá na frente os sonhos virão de novo e os dias bonitos e perfeitos, mesmo que muito raros, vão dar o ar de sua graça. Só pra gente não desistir da vida, eu acho.

Histórias da Alice fase adulta.

Um comentário:

Monólogo Poético disse...

''É bobagem querer que o dia se estenda pela eternidade por mais bonito e perfeito que ele seja...''

Incrível encontrar isso aqui justo agora que me apetecia parar o tempo...
=/