segunda-feira, 9 de junho de 2014

Legião, pra sempre Legião...

Eu quis o perigo e até sangrei sozinho.
Entenda - assim pude trazer você de volta prá mim,
Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do início ao fim
E é só você que tem a cura pro meu vício
De insistir nessa saudade que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.

Nos deram espelhos e vimos um mundo doente
Tentei chorar e não consegui.


domingo, 8 de junho de 2014

existe um momento que vale a pena na vida: aquele que tira um sorriso dos seus lábios.
porém, aqueles que tiram lágrimas dos seus olhos não devem ser ignorados, afrouxam o riso, endurecem o coração, te põe onde não queria estar, num profundo vazio.
um vazio profundo de si mesmo. mas que possibilita o aprendizado. não há se quer um momento da vida que não vem acompanhado de um aprendizado, no fundo do poço você olha para cima e enxerga luz, na qual deseja alcançar novamente, mas o caminho para esta luz é árduo, exige estratégias.
porque existe um novo começo para todo fim.
“agora
bebo sozinho
junto a essa máquina que mal
funciona
enquanto as sombras assumem
formas
combato retirando-me
lentamente
agora
minha antiga promessa
definha
definha
agora
acendendo novos cigarros
servido mais
bebidas
tem sido um belo
combate
ainda
é.“
Parte do Poema Encurralado.
Charles Bukowski